O japão que eu vejo.

19 12 2008

japan

O japão que eu vejo é diferente do japão que muitos veem, acho que deve ser por minha criação, pois cresci com meus avós japoneses e logicamente a educação que recebi em parte veio deles.

Hoje, aqui na terra dos meus antepassados vejo que muita coisa mudou, muito daquilo que me foi ensinado sobre essa terra, já não se aplica mais, mas na essência, não difere muito daquilo que eu via em meus avós, o japão continua sendo um país que mais vale, não aquilo que você é, mas aquilo que aparenta ser, é um país de regras não ditas e de uma hipocrisia sem fim.

Muitas coisas não ditas são regras, que devem ser seguidas a risca, ou então você é taxado como uma pessoa sem modos, isso vale muito para pessoas como eu que tem um nome japonês e as feições nipônicas, na cabeça dos japoneses fica difícil aceitar que alguém tão parecido com eles não aja da mesma forma. Um estrangeiro que tenha cara de estrangeiro mesmo, é melhor compreendido que um descendente, isso é triste mas é uma realidade, os japoneses discriminam seus descendentes de maneira cruel.

Não que isso faça muita diferença, pois creio que isso existe em qualquer sociedade homogênea, mas para um brasileiro como eu, fica difícil entender certas coisas aqui na terra do sol nascente.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: