O país do descartável.

27 03 2009
lixo

"Montanha de lixo"

Olá pessoal.

Lembro-me de um amigo meu dizendo a frase, “Os japoneses são um povo perdulário.”. Na época nem tinha me dado conta da verdade contida nessa frase, pois aos meus olhos de refugiado econômico do terceiro mundo, o Japão se mostrava um lugar de abundância. Mas passada a fase de deslumbramento comecei a entender o sentido dessa frase.

Quando cheguei aqui costumávamos ver nas ruas, nos dias de lixo de grande porte, “montanhas” de lixo, que antes da lei de reciclagem, eram colocados na rua, em um lugar próprio para recolhimento. E nessas “montanhas” de lixo, na maioria produtos eletrônicos, que ocupavam metade da rua, encontrávamos de tudo desde aparelhos de vídeo até geladeiras e máquinas de lavar. Não que os aparelhos estivessem com defeito e eram jogados fora, mas simplesmente porque o dono comprava um novo e não tendo espaço em sua casa, simplesmente jogava fora o aparelho “velho”.

Isso soa absurdo? Claro que sim, é uma coisa sem cabimento, jogar uma TV ou um aparelho de som depois de 2 ou 3 anos de uso. Várias pessoas que conheci já recolheram coisas no “lixo”, que eram perfeitamente funcionais ainda, televisores, geladeiras, aparelhos de som, aparelhos de vídeo, máquinas de lavar, aspiradores, forno microondas, móveis, bicicletas, e por aí vai, com um pouco de “garimpagem” nas “montanhas”, mobiliava-se uma casa inteira.

O Japão a algum tempo atrás sofria da grande doença do capitalismo chamada, consumismo desenfreado, não se consertava nada, não se dava valor à nada, era mais fácil comprar um novo e os problemas eram resolvidos. Hoje em dia as coisas se acalmaram, a lei de reciclagem começou a taxar o lixo eletrônico e as pessoas começaram a pensar mais na hora de trocar, mas a mentalidade do “descartável” está enraizada na sociedade japonesa moderna, hoje em uma escala menor, mas ainda se joga fora as coisas que não são mais interessantes.

A alguns anos, lembro-me de um comercial de TV, veiculado pelo governo, que dizia, “Quando nós japoneses deixamos de consertar e começamos a jogar fora? Pense nisso.”, que era uma tentativa de conscientizar as pessoas do absurdo do consumismo, que estava criando um problema ambiental de toneladas de lixo todos os dias, e o Japão, com uma área territorial pequena, já não tinha como processar uma quantidade tão grande de lixo.

É uma pena que este tipo de mentalidade tenha tomado conta do Japão, pois antigamente existia a idéia, vinda do budismo, de que os objetos também tem uma alma, como os seres humanos, e é preciso respeitar essa “alma” e usar os objetos com zelo e gratidão, pois eles estão a nosso serviço.

Ainda hoje o mundo moderno seduz os japoneses para consumir mais e mais, mas graças a longa recessão e a tendência ecológica dos dias atuais, os japoneses, me parece, estão aos poucos voltando a entender o verdadeiro valor das coisas, as lojas de usados tem se multiplicado e as pessoas estão aprendendo que reciclar, significa também, utilizar novamente o mesmo objeto.

Mas quem sabe no futuro, todos voltem a usar as coisas com um sentimento maior de gratidão, e a palavra “Mottainai”, que significa desperdício em japonês, volte a ter o significado que tinha antigamente.

É isso aí pessoal, por hoje é só.

Um abraço.

Anúncios

Ações

Information

One response

15 02 2011
Virginia Mara

OI, nao sei se vc vai ler pois acessei seu blog e estou vendo a data de 2009, mas ando com um dilema em relação aos japoneses, por isso comecei a ler e achei interessante o item lixo…. tenho uma irmã de coração japonesa e ela me falou que muita coisa da casa dela ai no Japão era do lixo que ela tirava , no principio achei um absurdo, mas lendo vc, acredito piemente agora. Um abraço amigo e espero que vc estaja trabalhando já e de bem com a vida. Um abraço. Virginia (Santos/SP)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: