Preconceito ou não?

3 06 2009

Olá a todos.

Tem horas que fico de saco cheio dessa terra, principalmente quando fica evidente alguma diferenciação pelo fato de ser brasileiro.

Quem está lendo meu blog, pode perguntar o porque dessa minha afirmação, pois na maioria de meus posts, procuro mostrar o Japão, e os japoneses, não com seres de outro planeta, mas como pessoas comuns, da maneira que eu vejo.

Mas tem horas que não dá, principalmente quando vou procurar um emprego, sinto que muitas vezes sou visto como um estorvo, aquela velha mania dos japoneses pensarem que por eu ter vindo de um país pobre, também sou intelectualmente pobre, sem capacidade de executar um trabalho que porventura me seja ordenado.

Tudo bem, até entendo o lado deles, se você vai contratar alguém para trabalhar, é até normal que queira o melhor, o mais preparado, mas sem nem mesmo procurar saber qual é a capacidade do candidato, já ir dizendo que o trabalho é difícil, que não sabe se você vai se adaptar, que pode ter problema com a língua, e outras afirmações que demonstram que o entrevistador está claramente duvidando de sua capacidade, justamente pelo fato de ser brasileiro, são coisas que não suporto.

Digo isso, não por me achar melhor que os outros, mas por ter me preparado, aprendido a língua, os costumes e a cultura dessa terra, e creio que nesse quesito, não devo nada a ninguém. Mas sempre acabo batendo de frente com essa barreira, que é o fato dos japoneses acabarem vendo os brasileiros, como refugiados econômicos acampando no quintal deles.

Creio que enquanto durar essa crise econômica, estamos fadados a essa sina, sermos visto como um problema, algo que deveria ser erradicado, pois não somos os descendentes dos bravos japoneses que foram ao outro lado do mundo, como sempre é dito nas comemorações da imigração, somos na visão deles, uns pobres coitados que vieram em busca de migalhas da fartura nipônica. E agora que não há mais essa fartura, somos um problema, apenas isso.

Deixo aqui o meu protesto, pois não existe ninguém totalmente incapaz, existe sim a incapacidade de se dar uma chance a nós brasileiros, para provarmos que podemos sim, trabalhar e viver dignamente nessa terra.

É isso aí pessoal, até outra.

Anúncios

Ações

Information

11 responses

3 06 2009
Carlos

parabenz pelo site
estou sempre lendo aqui…
tem milhares de posts otimos

nossa…ta mesmo chegando a esse ponto os japoneses?
mas..me diz uma coisa..isso tudo é so por causa da crise ou foi sempre assim?

じゃまた

3 06 2009
Dan

Olá Carlos, obrigado pela visita.
Me parece que com a crise, os ânimos se tornaram um tanto exarcebados, no que se refere aos estrangeiros, tanto no Japão, como no resto do mundo, e isso é algo que não vai mudar enquanto a economia mundial não melhorar. Mas enquanto isso, vamos nos virando do jeito que dá.
É isso aí, um abraço.

9 06 2009
Eduardo Monteiro

Dan,

As vezes acho que isso faz parte da cultura e economia protecionista dos japoneses. De uma forma “indelicada” ou não, acho que essa é uma forma de proteger a economia deles, evitando que o dinheiro japonês escoe para fora do país e provoque mais crise.

Pena que as coisas sejam dessa forma.

9 06 2009
Dan

Olá Eduardo.

A crise com certeza é um agravante da situação, não concordo, mas entendo a situação e esse modo de agir dos japoneses, mas não poderia deixar de colocar aqui o meu protesto.

Mas tudo vai melhorar, um abraço.

16 07 2009
Guto

Lugar de Brasileiro e no Brasil. Trabalhe, estude, rale no seu pais ao inves de levar uma vida de mendincancia Internacional ainda mais num pais tao desinteressante como o dos amarelos….

Acho que o Governo Brasileiro deveria ter expulsado os amarelos do Brasil quando uma crise qualquer pousasse sobre a economia, mas nao, ao contrario, demos condicoes desses dessertores de ter uma vida digna.

Descendentes de Japoneses deveriam todos serem expulsos do Brasil e obrigados voltar para a ilhota mediocre, igual eles estao fazendo com os Brasileiros que ali estao.

17 07 2009
Dan

Cara, esse foi um comentário muito infeliz, se fosse pela sua lógica, nem você estaria no Brasil hoje, pois a não ser que você seja descendente de índios, seus antepassados devem ter vindo de algum outro país, como a grande maioria dos brasileiros. Aprenda uma coisa, brasileiro não é raça, é uma nacionalidade.

Quanto a todo esse veneno em relação a cor ou raça, acho que se você leu outros posts de meu blog, deve ter percebido que sou descendente dos “amarelos”, que você tanto odeia, e essa ilhota na qual estou hoje, que é a terra de meus antepassados, tem uma cultura milenar, e um nível de cultura que o Brasil não vai atingir tão cedo, e é tão insignificante que é a segunda maior economia do mundo.

E para terminar, quem sabe se você tivesse a oportunidade de viajar para outro país, aprenderia um pouco mais da vida, expandiria seus horizontes, pois aquele que não tem capacidade de sair da sua casca de ignorância, seu mundinho limitado, não pode julgar um país ou um povo.

São pessoas como você que envergonham e estragam a imagem do Brasil, pense nisso.

21 10 2010
Marcele

ola ..
Estava lendo o seu blog e que triste este comentário ai em cima
Acho que o respeito entre povos e culturas precisa estar em primeiro lugar …
Exatamente , nós brasileiros somos uma mistura que ninguém poderia entender , por isso nós devemos respeitar a todos , apesar que isso vem da educação …
Amei o seu blog …Apesar que …amo a cultura Japonesa e esses olhinhos puxados então rsrsrsrsr…
até

4 08 2009
Leila

Guto,
Pessoas que pensam como você nem deveriam de existir. É repugnante e pior, é crime comentar um ato tão insensato como o racismo. Negro, amarelo, vermelho, branco, verde…todos deveriam se unir e ser solidários uns aos outros. Os japoneses, tanto os antigos quanto os atuais, além de trazer muito conhecimento educativo, cultural, tecnológico, gastronômico, etc., trouxe muitas oportunidades de emprego e os dekassekis ajudaram o fortalecimento economico do Brasil. Se você acha que é o SALVADOR DA PÁTRIA, me diga no que o seu tipo de pensamento possa contribuir para o desenvolvimento do Brasil; pois ao meu ver, é por essas e outras que o Brasil não vai pra frente!
A ilhota mediocre e desinteressante que você “acha” que é, pois com certeza nunca esteve lá; na minha opinião, é tão maravilhosa, deslumbrante e principalmente limpa, portanto, pense bem no que escreve ou mesmo se informe antes de qualquer comentário.

26 12 2009
Magali

Gostaria de te lembrar, que os japoneses que vieram para o Brasil quando o primeiro navio trouxe uma porção deles nao foram os grandes guerreiros…

não somos os descendentes dos bravos japoneses que foram ao outro lado do mundo,

Eles foram o excesso de gente que nascia naquela época e o governo Japonês queria se livrar e como sempre o Brasil recebeu essa gente em comum acordo. Uns venceram e deixaram frutos do trabalho contribuindo com a nossa economia.

Eles foram enganados achando que em nossa terra ficariam ricos o suficiente para voltarem para o Japão, uma das razões que ficaram muitas gerações com escolas separadas vivendo em guetos falando apenas japonês.
Infelizmente, a cultura japonesa é separatista e racista deste os tempos remotos.

9 03 2012
Dedê

Eu não culpo os japoneses pelas suas atitudes. Culpo a nós brasileiros pelas nossas.
Afinal, se vc fosse de um país desenvolvido, onde o respeito ao próximo impera, onde as pessoas respeitam as leis, os pais e os anciãos, imagine chegar em seu país um povo totalmente mal educado, oportunista, com seu “jeitinho brasileiro” de querer se dar bem em cima das pessoas?
Eu entendo o Japão quando restringe tanto a permanência de brasileiros por lá, afinal se eu fosse eles, faria exatamente a mesma coisa.

Se eu já me envergonho desse jeito malando e espertinho do brasileiro, imagina a reação deles?

28 04 2013
sergio

esse guto e muito burro demais mais e muito mesmo seu idiota egnorante o brasil e formado de varias misturas de povos do mundo inteiro seu jumento nw tem como definir um brasileiro que na verdade sao os indios que sao o original brasileiro tirando eles o resto e uma mistura tao grande que fica complicado explicar nem vc seu jumento poderia ficar no brasil pelo fato de nao ser um original brasileiro entenda isso seu jumento ou talvez vc poderia ficar na fazenda comendo grama porque vai ser jumento la no raio que o parta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: